Mais de 2.500 fiéis mortos por Boko Haram

ÁFRICA/NIGÉRIA – Mais de 2.500 fiéis mortos por Boko Haram, denuncia o Bispo de Maiduguri

Abuja (Agência Fides) – São 2.500 os fiéis da Diocese nigeriana de Maiduguri mortos pela violência de Boko Haram. É o que denuncia numa entrevista ao jornal THISDAY, o Bispo local, Dom Oliver Dashe Doeme, que está refugiado na Paróquia de Santa Teresa de Yola no Estado de Adamawa, junto com milhares de fiéis.

boko

A Diocese de Maiduguri (capital do Estado de Borno no nordeste da Nigéria) inclui os Estados de Borno, Yobe e algumas áreas do Estado de Adamawa. Nesses três estados, onde se concentram as ações de Boko Haram, em 2013, o Presidente Goodluck Jonathan, decretou estado de emergência que não impediu, porém, à guerrilha islâmica de continuar suas ações, passando recentemente à conquista de algumas localidades onde foi proclamado o califado.

Dom Doeme afirma que a maior parte dos deslocados acolhidos na Paróquia de Yola escaparam por pouco de serem mortos por membros de Boko Haram. Na fuga precipitosa, muitas famílias ficaram divididas e vários pais estão ainda à procura dos filhos perdidos. O bispo denunciou ainda que em várias ocasiões os militares nigerianos fogem sem combater e isto, segundo Dom Doeme, acontece em primeiro lugar, por causa da corrupção.

A situação dramática dos deslocados está no centro do documento da Caritas Nigéria e da Comissão Episcopal “Justiça e Paz” intitulado “Adaptar as nossas vidas à guerra em andamento” no qual se afirma textualmente: “a simples verdade é que a Nigéria está em guerra”. (L.M.) (Agência Fides 15/9/2014)

Tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

Deixar uma resposta