ÁSIA/IRAQUE – Em Bagdá, cristãos sequestrados e mortos apesar do pagamento de resgate

Bagdá (Agência Fides) – Em duas semanas, em Bagdá, quatro cristãos iraquianos foram sequestrados, e para dois deles a detenção terminou tragicamente: após o pagamento do resgate, foram encontrados mortos pela polícia. O corpo de Quais Abdul Shaya foi devolvido à família, embora ela tenha pago aos sequestradores um resgate no valor de 25 mil dólares.
O mesmo destino teve Saher Hanna, que trabalhava no Ministério do Interior. Um outro cristão foi libertado pelos sequestradores depois que membros da família pagaram uma soma de 50.000 dólares, enquanto apenas o Dr. Bashar al-Ghanem Akrawi foi libertado graças a uma operação da polícia no esconderijo onde foi mantido prisioneiro.
O aumento de crimes direcionados contra os cristãos na capital iraquiana é um dos fatores que contribuem para tornar sua condição dolorosa e precária. O parlamentar cristão Imad Youkhana Yako, quinta-feira, 9 de julho, emitiu um comunicado de imprensa – recebido pela Fides – a fim de instar os seus colegas e as forças de segurança a assumir as suas responsabilidades em relação a este fenômeno, que “faz parte da intimidação sofrida pela componente cristã da população e contribui para minar a unidade da sociedade iraquiana”.

11742755_407430169464500_4734055290431809540_n

Bookmark the permalink.

Deixar uma resposta