Inauguração da capela “São João Paulo II” em Bagdá, Iraque

No dia 13 de maio, dia de Nossa Senhora de Fátima, foi a inauguração oficial da capela “São João Paulo II” da nossa comunidade do IVE em Bagdá.

Nosso bispo, Dom Jean Sleiman, consagrou o templo e abençõou o altar. Além de dois sacerdotes do Instituto presentes en Bagdá, participou da celebração o P. Rami, dominico.

DSC_0050

Não podíamos fazer uma ceremônia muito grande porque em fim é uma  capela e os lugares são poucos, por tanto somente no fim de semana passado durante a missa dominical, convidamos os nossos fiéis. Ainda assim a Capela estava totalmente cheia;  com gente que teve que participar da Missa desde a sala de estar de nossa casa.

A abertura de um lugar de culto é sempre importante para toda a Igreja, porque nas igrejas, ao estar presente o Santíssimo Sacramento e, renovar-se o Sacrifico do Redentor, se cumpre de modo eminente o fim do homem que é a glorificação de Deus e, porque Ele derrama sua graça nesse lugar, socorre a quantos invocam seu Nome e fortalece o coração de seus fiéis (cf. Oração de coleta da Missa de dedicação de um templo). E isso tem ainda mais força em lugares como o nosso, aonde as dificuldades  tentam tirar a  esperança do povo fiel.

Como diz o prefácio da Missa da dedicação de uma igreja:

“Aqui edificais o vosso templo,

Que somos nós, e fazeis crecer a Igreja,

Presente em toda a Terra,

Na unidade do Corpo do Senhor,

Que, um dia, tornareis perfeita na visão de paz

Da celeste cidade de Jerusalém.”

E,  efetivamente nossos  queridos fiés foram inundados pela alegria e pela paz que somente Deus pode dar: os atentados de bombas que nestes dias se intensificou na cidade não foram obstáculos para a presença dos fiéis nesta festa; duas senhoras idosas que quase não podem caminhar subiram os três andares para chegar a nossa capela com um esforço que lembrava a subida do Papa João Paulo II ao Calvário na sua ultima visita à Terra Santa; uma religiosa dominica expressava seu desejo de que mais sacerdotes do IVE possam vir  a Iraque; uma jovem manifestou sua admiração pela beleza das orações da Missa da dedicação de uma igreja; uma senhora exclamava entusiasmada que tudo em nossa capela se dirige ao presbitério onde Cristo renova seu Sacrificio.

Expressões formosas que manifestavam a alegria por um novo edificio que “faz vislumbrar o mistério da Igreja,que Cristo santificou com seu sangue,para apresentá-la a si mesmo qual Esposa gloriosa, Virgem deslumbrante pela integridade da fé,Mãe fecunda pela virtude do Espírito.” (Ritual da dedicação de uma igreja).

DSC_0037

Assim como a Virgem Santissima, Mãe e imagem da Igreja, esteve presente no martírio de seu divino Filho, de forma semelhante a Igreja está presente no martirio diário de seus filhos. Por isso nossa comunidade pode exclamar como São Paulo: ” Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? Como está escrito:Por amor de ti enfrentamos a morte todos os dias;somos considerados como ovelhas destinadas ao matadouro“.  Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.”

Rezemos para que mais missionários possam vir a ajudar a este povo maravilhoso que merece ser ajudado.

Que Deus os abençõe!

Pe. Luis Montes, IVE

Mais fotos no facebook/amigosdoiraque

Tagged , , , , . Bookmark the permalink.

Deixar uma resposta