ÁFRICA/NIGÉRIA – Nenhum contato ainda com os sequestradores do sacerdote nigeriano

Abuja (Agência Fides)- A diocese de Ekiti pediu aos fiéis que não negociem com os sequestradores do Pe. Emmanuel Akingbade, o pároco de São Bento de Ido-Elkit (no sudoeste da Nigéria) sequestrado em 8 de junho (veja Fides 11/6/2015).
De fato, os sequestradores, usando o celular do sacerdote, enviaram vários pedidos de resgate a pessoas comuns, enquanto nem a família nem a diocese foram até o momento contatadas.
Segundo a pessoa que estava com Pe. Akingbade no momento do sequestro, os criminosos pediram ao sacerdote 20 milhões de Naira (100.816 euros) se quisesse evitar o crime.
Em 11 de junho, Dom Felix Ajakaye, Bispo de Ekiti, presidiu a uma missa na catedral de São Patrício para pedir a intervenção divina para convencer os sequestradores a libertarem Pe. Akingbade e as outras pessoas sequestradas na região. Pe. Clement Ogunlusi, pároco da catedral, lamentou o forte estado de insegurança do país, mas pediu aos fiéis que não falem mal dos sequestradores, mas rezem por sua conversão.

11401480_777264255726008_3120162069921773841_n

Bookmark the permalink.

Deixar uma resposta