Primeiras comunhões em Bagdá, Iraque

DSC_0307

No dia 11 de julho tivemos as Primeiras Comunhões em nossa Catedral.  O nosso bispo Dom Jean Sleiman celebrou e pregou na Santa Missa. Este ano foram seis as crianças que receberam a Jesus Sacramentado pela primera vez nas suas vidas. Visitando uma das familias, os pais de uma dessas crianças lembravam que quando eles fizeram a sua primeira comunhão eram 150 crianças. Na nossa Igreja, pouco antes da guerra lembram – se como o templo estava cheio somente contando as crianças e seus pais e, muita gente do lado de fôra porque não tinha lugar. Que distante que parece … Leia mais

Festa da Encarnação do Filho de Deus, em Bagdá, Iraque

iraq

Com grande alegría celebramos ontem, 25 de março de 2014, a solenidade da Encarnação na nossa Igreja -Catedral. Na homilia se explicou o oferecimento maravilhoso que fez Jesus Cristo no mesmo momento da sua conceição no seio da Virgem Maria como vitima por nossos pecados; de acordo ao que nos revela a passagem da carta aos hebreus que nos oferece a liturgia. Oblação “do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez para sempre” para nossa salvação e glória da Santissima Trindade. O gozo de nosso fiéis ao poder considerar este mistério se manifestou em múltiplos agradecimentos depois da celebração. Neste … Leia mais

Centro esportivo “João Paulo II”

roma-irak

Como já tínhamos enfatizado anteriormente, as consequências da guerra nas crianças podem ser realmente devastadoras, a saber: crianças que perderam sua infância; crianças que presenciaram coisas que jamais deveriam ter presenciado; crianças que assistiram à partida de seus pais e irmãos que foram para nunca mais voltar; crianças que perderam a confiança em tudo, já que nem mesmo seus próprios pais foram capazes de defendê-las; crianças violentadas, torturadas, exploradas… Agora muitas dessas crianças são adolescentes que carregam com um peso que lhes foi imposto pela crueldade de interesses que eles nem mesmo são capazes de entender. Os anos foram passando … Leia mais

Provocar sorriso (e gargalhadas!): um grande ato de caridade

iraque4

O informe “As crianças na guerra” da comissão internacional da Cruz Vermelha, de novembro 2009 diz: Os conflitos aumentam a vulnerabilidade daqueles que  são naturalmente vulneravéis, principalmente as crianças. Uma criança necessita de cuidados e de proteção da sua família e  da sua comunidade. As consequências da guerra nos mais jovens podem ser devastadoras. Entretanto, não devemos subestimar a fortaleza das criançcas. Alguns cuidados bem dirigidos lhes podem ajudar a recuperar-se, a que deixem de ser vítimas da guerra e a que tomem as rédeas da sua vida. E mas pra frente, falando de saúde mental das crianças que sofreram … Leia mais